Assinale a alternativa em que a reescrita do trecho destacado a seguir mantém o sentido original do texto.

“Como se fosse um direito natural, o poder é reservado aos homens em todos os níveis enquanto as mulheres sofrem sob estereótipos e idealizações também naturalizados. ”

a) Ainda que fosse um direito natural, o poder seria reservado aos homens em todos os níveis enquanto as mulheres sofrem sob estereótipos e idealizações também naturalizados.

b) Como se fosse um direito natural, aos homens é reservado o poder em todos os níveis, deste modo, as mulheres sofrem sob estereótipos e idealizações também naturalizados.

c) Como se fosse um direito natural, reserva-se o poder aos homens em todos os níveis, ao mesmo tempo que as mulheres sofrem sob estereótipos e idealizações também naturalizados.

d) Sendo um direito de caráter natural, o poder é - a cada dia - reservado aos homens em todos os níveis, à medida em que as mulheres sofrem sob estereótipos e idealizações também naturalizados.

 

“Apesar de saraus e oficinas”, a escrita raramente escapa de ser esta atividade insossa e desertada: sentar e escrever sozinho.

A oração destacada pode ser substituída, conforme a norma-padrão da língua, por:

a) A despeito de haverem saraus e oficinas.

b) Se bem que promova-se saraus e oficinas.

c) Ainda que aconteça saraus e oficinas.

d) Embora exista saraus e oficinas.

e) Mesmo que haja saraus e oficinas.

“Estou seguro de que ganharei. Além do vídeo, conto com uma testemunha: o meu filho.”

a) Estou seguro de que ganharei, ao contar além do vídeo, porém, com uma testemunha: o meu filho.

b) Estou seguro de que ganharei, por contar, além do vídeo, com uma testemunha: o meu filho.

c) Estou seguro de que ganharei, a fim de que, além do vídeo, conte com uma testemunha: o meu filho.

d) Estou seguro de que ganharei, além do vídeo, o fato de contar com uma testemunha: o meu filho.

e) Estou seguro de que ganharei, contando, no entanto, além do vídeo, com uma testemunha: o meu filho.

“O primeiro indivíduo recua bastante na história e reproduz a jurisprudência das cavernas(...)"

a) Como reproduz a jurisprudência das cavernas, a história do primeiro indivíduo, surge como um recuo.

b) A jurisprudência das cavernas – um suficiente recuo histórico – é reproduzido pelo primeiro indivíduo.

c) O recuo histórico do primeiro indivíduo é o bastante para reproduzir-se a jurisprudência das cavernas.

d) A história se reproduz, como jurisprudência das cavernas, quando o primeiro indivíduo recua tanto.

e) Ao recuar tanto na história, o primeiro indivíduo acaba por reproduzir a jurisprudência das cavernas.

Sem prejuízo da informação veiculada no texto, seria mantida sua correção gramatical se o termo “proteção”, em “Não havia proteção contra as decisões da assembleia soberana”, fosse substituído por mecanismos de proteção.

(   ) Certo

(   ) Errado

Utilizando a norma padrão de língua portuguesa na sentença: “Há implicações éticas no vício de linguagem”. O verbo em destaque pode ser substituído por:

a) Existe.

b) Existem.

c) Tem.

d) Hão.

e) Têm.

O fragmento “Também compuseram o estudo perguntas como quantas pessoas não curtem se arrumar para sair (22%)...” fica corretamente reescrito de acordo com a norma-padrão da língua portuguesa, sem prejuízo do sentido, com a substituição do trecho destacado por:

a) analisaram-se o resultado

b) fizeram parte da pesquisa

c) participou do experimento

d) formou a investigação

e) resumiram os dados

Com o crescimento das crianças, o jardim “evoluiu para um” parque...

Substitui corretamente o segmento sublinhado, preservando o sentido original:

a) desenvolver-se-á rapidamente para.

b) se modifica radicalmente com.

c) mudou-se subtamente ante.

d) transformou-se gradativamente em.

e) se torna lentamente a.

Assinale a opção em que o trecho sublinhado em Esta é uma reação instintiva “para protegermos nossa audição”. é reescrita, sem modificação do seu sentido original.

a) Para que protegêssemos nossa audição.

b) Para o protecionismo de nossa audição.

c) Para que nossa audição fosse protegida.

d) Para, nossa audição, protegermos.

e) Para que protejamos nossa audição.

“Diz a lenda que, na Bahia, em meados da década de 60 do século passado, havia um menino que, além de muito levado, era também muito mentiroso, e que, certo dia, após aprontar muito na sala de aula, foi colocado de castigo no porão da escola por sua professora.”

Nas opções a seguir, a ordem de alguns termos foi alterada. Assinale a opção em que a alteração modificou o sentido do segmento original.

a)Diz a lenda que, na Bahia, em meados da década de 60. // Diz a lenda que, em meados da década de 60, na Bahia.

b) Certo dia  // Dia certo.

c)Além de muito levado, era também muito mentiroso. // Além de muito mentiroso, era também muito levado.

d) Foi colocado de castigo no porão. // Foi colocado no porão de castigo.

e) Após aprontar muito. // Após muito aprontar.

Uma nova, clara e correta redação da frase: Não parece que estejamos próximos de ver terminada essa batalha. poderia ser:

a) Para ver terminada, essa batalha, não parece que já estejamos tão próximos.

b) Não estamos próximos, ao que parece, de que seja vista essa batalha terminada.

c) Nada faz crer que cheguemos a ver, proximamente, o arremate dessa batalha.

d) Não nos parece que estamos aptos a ver quão próximo é o fim dessa batalha.

e) Não estamos nada próximos, parece, de ver a que fim chegará essa batalha.

“Embora não sejam as primeiras mulheres perdidas para estas águas escuras” é uma oração que poderia ser reescrita em forma reduzida de infinitivo e mantendo-se o sentido original, da seguinte forma:

a) Apesar de não serem as primeiras mulheres perdidas para estas águas escuras.

b) Mesmo não sendo as primeiras mulheres perdidas para estas águas escuras.

c) Por não serem as primeiras mulheres perdidas para estas águas escuras.

d) Não sendo, portanto, as primeiras mulheres perdidas para estas águas escuras.

e) A fim de não serem as primeiras mulheres perdidas para estas águas escuras.

Uma campanha educacional tem como slogan: A educação é um caminho para proteger a vida.

A forma de oração reduzida para proteger a vida pode ser nominalizada da seguinte forma:

a) A fim de proteger a vida.

b) Para dar proteção à vida.

c) A fim de a vida ser protegida.

d) Para a proteção da vida.

e) Para proteger-se a vida.