Adjetivo é a palavra que expressa uma qualidade ou característica do ser e se "encaixa" diretamente ao lado de um substantivo.

Ele é um rapaz belo.

Ela é uma moça alta.

Ele é um moço alto.

Ele é um rapaz belo.

Gênero ? (masculino, feminino)

Número ? (singular, plural)

Ele é um rapaz belo. = gênero masculino, número: singular

Ela é uma rapariga bela. = gênero feminino, número: singular

Eles são uns rapazes belos. = gênero masculino, número: plural

Elas são umas raparigas belas. = gênero feminino, número: plural

Rapaz belo.

Havia somente a beleza.

Beleza = belo, bela, belíssimo, belíssima...

Substantivo abstrato = BELEZA

Adjetivo feminino, singular = BELA

Ao analisarmos a palavra bondoso, por exemplo, percebemos que além de expressar uma qualidade, ela pode ser "encaixada diretamente" ao lado de um substantivo:

homem bondoso,

homens bondosos,

moça bondosa,

moças bondosas,

pessoa bondosa.

Já com a palavra bondade, embora expresse uma qualidade, não acontece o mesmo; não faz sentido dizer: homem bondade, moça bondade, pessoa bondade. Bondade, portanto, não é adjetivo, mas substantivo.

Bondade = substantivo abstrato

Bondoso , bondosa = adjetivos

Morfossintaxe do Adjetivo:

O adjetivo exerce sempre funções sintáticas relativas aos substantivos, atuando como adjunto adnominal ou como predicativo (do sujeito ou do objeto).

Plural:

Hífen = -

– Os adjetivos compostos habitualmente vêm separados por hífen (há exceções) e apenas o último elemento deve ser modificado para concordar em gênero (masculino e feminino) e número (singular e plural) com o substantivo.

Exemplos:

– Atletas franco-argentinos

– Políticas econômico-sociais

– Medidas político-sociais e socioambientais (um adjetivo composto sem hífen)

– Equipamentos e iniciativas médico-hospitalares

– Crianças mal-educadas, rapazes mal-educados

– Camisas verde-claras, objetos verde-claros.

Exceções: Os gramáticos perceberam que não podiam aplicar a regra a tudo: a surdez e mudez humana flexionam em gênero e número: surdos-mudos e surdas-mudas.

Flexionar = mudar

Surdo-mudo - 1ª situação (surdo) // 2ª situações (mudo)

Surdos-mudos - flexionei no plural (número)

Surdas-mudas - flexionei no plural (número) e no gênero (feminino)

Entre todas as cores, a azul-marinho e a azul-celeste também foram agraciadas com exceção e, quando adjetivos, não variam: ternos azul-marinho, madeixas de cabelo azul-marinho. Decidiram mantê-las na regra que vêm a seguir, que envolve substantivo.

– Os compostos de Adjetivo + substantivo devem ficar invariáveis na regra geral. Gravatas verde-oliva, sapatos marrom-café, chapéus amarelo-abóbora, calças verde-abacate, xales vermelho-cereja e vermelho-goiaba, e assim por diante. Segundo Domingos Paschoal Cegalla, subentende-se como contração de “da cor de”: calça verde-abacate equivale a “calça da cor verde do abacate”.

CONTRAÇÃO:

Preposição é a palavra que liga dois termos (palavras) de uma oração, estabelecendo relações entre eles.

Contração é a ligação da preposição com palavras de outras classes gramaticais, passando a constituir um só vocábulo. Na contração há modificação na estrutura da palavra (perda de elemento).

Combinação é a união da preposição com outras palavras sem perdas de fonemas.

Combinação e Contração da Preposição

Quando as preposições a, de, em e per unem-se a certas palavras, formando um só vocábulo, essa união pode ser por:

Combinação: ocorre quando a preposição, ao unir-se a outra palavra, mantém todos os seus fonemas. Por exemplo:

Preposição a + artigo masculino o = ao

Preposição a + artigo masculino os = aos

Contração: ocorre quando a preposição sofre modificações na sua estrutura fonológica (som) ao unir-se a outra palavra. As preposições de e em, por exemplo, formam contrações com os artigos e com diversos pronomes. Veja:

Do de + o

Dos de + os

Da de + a

Das de + as

Num em + um

Nuns em + uns

Numa em + uma

Numas em + umas

Disto de + isto

Disso de + isso

Daquilo de + aquilo

Naquele em + aquele

Naqueles em + aqueles

Naquela em + aquela

Naquelas em + aquelas

Observe outros exemplos:

Em + a = na

Em + aquilo = naquilo

De + aquela = daquela

de + onde = donde

Obs.: as formas pelo, pela, pelos, pelas resultam da contração da antiga preposição per com os artigos definidos. Por exemplo:

Per + o = pelo

LOCUÇÃO PREPOSITIVA

É o conjunto de duas ou mais palavras que têm o valor de uma preposição.

A última palavra dessas locuções é sempre uma preposição.

Confira a seguir as principais locuções prepositivas.

Preposição - PRÉ (vem antes de uma posição – nome)

Locução - 2 palavras da mesma classe gramatical com o sentido de 1 palavra

à custa de

a fim de

a par de

a respeito de

ao encontro de

ao invés de

através de

abaixo de

acima de

acerca de

além de

antes de

apesar de

de encontro a

defronte de

depois de

diante de

em fase de

em frente a

em frente de

em vez de

em via de

graças a

junto a

junto com

junto de

sob pena de

 

Encontros Especiais

A contração da preposição a com os artigos ou pronomes demonstrativos a, as ou com o "a" inicial dos pronomes aquele, aqueles, aquela, aquelas, aquilo resulta numa fusão de vogais a que se chama de crase - que deve ser assinalada na escrita pelo uso do acento grave. Por exemplo:

a + a = à

Exemplos:

às - àquela - àquelas - àquele - àqueles - àquilo

 

Também os compostos de cor + de devem ficar invariáveis em gênero e número, com ou sem hífen: roupas cor-de-rosa, tênis cor de burro quando foge.

Atenção, não se confunda: quando substantivos, todas essas cores podem flexionar em número, segundo o dicionário de Aurélio Buarque de Holanda Ferreira: verdes-abacate e verdes-abacates, rosa-goiaba e rosas—goiabas, e assim por diante.

 

Os adjetivos compostos que fazem referência a cores, são invariáveis quando o segundo elemento é um substantivo.

Exemplo:

SINGULAR

Blusa verde-oliva

Carro amarelo-canário

PLURAL:

Blusas verde-oliva

Carros amarelo-canário


ATENÇÃO! Como foi dito no início deste texto, a regra que orienta esse último caso dos adjetivos referentes a cores não é unanimidade entre os estudiosos. Assim, para alguns deles, segue-se a seguinte instrução:

- Para adjetivos referentes a cores, o composto admite dois plurais:

Blusa verde-oliva

Blusas verdes-olivas

Blusas verdes-oliva

Carro amarelo-canário

Carros amarelos-canários

Carros amarelos-canário

Português = Portugal (português lusitano)

Português = Brasileiro (falado......)